La vie est belle !
(de l'étonnement d'être vivante)

"Conta as bênçãos"



 
 

Removida

Alea jacta est ! Fui embora de Paris: fim de missão. Tendo completado cinco anos na delegação junto à UNESCO, fui removida, como se diz no jargão do Itamaraty, para a Embaixada em Dublin, naquele país celta que visitei, nao sem segundas intençoes, no final de novembro.  

 

Confesso que é duro, mas bom, faz-se Dublin-Paris em duas horas de avião.  

 

Eu sinto que vou gostar de Dublin. Sem duvida, criarei um novo blog. Me aguarde.  

 

Mestre-cuca por um dia

Faz umas semanas recebi convite de Sheila Leirner para participar de uma corrente de troca de receitas. O mecanismo é simples: você recebe um e-mail convidando a não quebrar a corrente, que consiste em enviar uma receita para o endereço eletrônico da pessoa que está classificada como número 1. Depois de enviar sua receita, você volta ao e-mail, reencaminha a 20 pessoas de suas relações, subindo o nome da segunda pessoa (aquela que te enviou a mensagem) para o número 1 e colocando o seu próprio nome no número 2. Alguns dias depois, você começa a receber receitas das mais variadas procedências.  

Fiquei muito orgulhosa quando recebi o retorno da pessoa para quem enviei minha receita de salmão no papillote, dizendo que o prato fez sucesso em sua casa. Tanto mais orgulhosa que o prato fui eu mesma que inventei.

Então, compartilho com vocês a minha criação culinária.

 Salmão cozido no papel alumínio
(ou outro papel próprio para ir ao forno) 

Ingredientes:
 
Filé de salmão ou qualquer outro peixe de sua preferência
alho picado
mostarda
gengibre em pó
ervas de Provence
molho chinês Nuoc Mam
sal e pimenta
 
Preparo:
 
Ligue o forno a 200 graus por 10 minutos
Forre uma travessa com papel alumínio com bordas para fora, para dobrar.
Coloque dentro todos os temperos, misture e unte os filés de salmão.
Feche como se fosse um envelope e leve ao forno quente por 20 minutos.
Sirva com arroz branco.



Escrito por Teresa Abreu às 14h24
[   ] [ envie esta mensagem ]




 
 

Sogra de novo!

A filhinha se casou ontem, numa manhã fria, mas ensolarada, da Primavera parisiense



Escrito por Teresa Abreu às 22h16
[   ] [ envie esta mensagem ]




 
 

Boas Festas

Vá, coma com prazer a sua comida e beba o seu vinho de coração alegre, pois Deus já se agradou do que você faz. Esteja sempre vestido com roupas de festa e unja a sua cabeça com óleo. Desfrute a vida com a mulher a quem você ama, todos os dias desta vida sem sentido que Deus dá a você debaixo do sol. Pois essa é a sua recompensa na vida pelo seu árduo trabalho debaixo do sol. Versos 7 a 9 do livro de Eclesiastes, capítulo 9, no Antigo Testamento da Bíblia.
Mais um ano chega ao fim, mais uma retrospectiva se impõe.
No fim das contas, 2008 foi um ano muito bom para mim. Eu diria mesmo que foi excelente. Se me deixar embalar pela emoção, ouso afirmar que foi o melhor ano da minha vida.

Fiz 50 anos em fevereiro. Carinha de 40, corpinho de 30, cabecinha de 20. Graças a cremes caríssimos dos quais não me privo e aos exercícios diários de musculação. O resto são livros, uma insaciável curiosidade intelectual. E idéias, idéias, idéias.
Um mês antes do meu aniversário, reencontrei Chéri e tudo mudou. O relato está aqui. Desde julho estamos morando juntos e esse acontecimento inesperado é a explicação para o pouco caso que tenho feito do meu blog e dos meus leitores nos últimos tempos. Vocês compreenderão, espero.

Estou fazendo meu balanço hoje porque domingo meu filho chega – não o vejo há dois anos – e terei pouco ou nenhum tempo para vir a esse espaço. O Natal contará com uma família aumentada: meus dois filhos e três de Chéri.
Eu quero desejar a cada pessoa que acessar este post uma felicidade igual à minha, em 2009. Quero lhe dizer que o árduo trabalho debaixo do sol tem recompensa sim, e que você deve estar sempre vestido com roupas de festa e ter sua cabeça ungida com óleo. Ou seja, esteja preparado para receber o imponderável. E se contente das coisas simples, como comer com prazer a sua comida e beber de coração alegre o seu vinho, ao lado da pessoa a quem você ama. Pois essa é a sua recompensa debaixo do sol – e é muito boa.



Escrito por Teresa Abreu às 15h31
[   ] [ envie esta mensagem ]




Insônia

Na madrugada de sábado para domingo eu acordei às 4 horas e perdi o sono, o que é inabitual. Depois de rolar para os lados sem conseguir conciliar o sono, me acalmei e deixei meu pensamento vaguear.

Do nada,  veio-me à memória um fato ocorrido nos anos 80, do qual já não tinha a menor lembrança.

Eu morava no Rio, meus filhos eram bebês e eu estava desempregada. Materialmente não me faltava nada, mas eu estava insatisfeita. Religiosa desde criança, sempre fui de falar com Deus, como quem conversa com a mãe, o irmão, o amigo. Mas um dia, enjoei, tive a impressão de que estava jogando palavras ao vento. Então, sentei-me na beira da minha cama, de frente para o guarda-roupa duplex, e falei em voz alta: “Deus, hoje é a última vez que estou orando. Nunca mais vou fazer isso, porque acho que estou falando com as paredes. E também, nunca mais vou ler a Bíblia. Porque eu não sinto que você esteja me vendo e me ouvindo. Então, eu vou abrir a Bíblia agora pela última vez, e se você não me disser que me ouve ou me vê, eu vou colocá-la para sempre na parte de cima do guarda-roupa.”

E abri a Bíblia aleatoriamente. Pousei o dedo e li o versículo 9 do Salmo 94: “Acaso aquele que formou o olho, não veria? E o que criou o ouvido, não ouviria?”

Adormeci meditando na estranheza de tal recordação.



Escrito por Teresa Abreu às 23h37
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]




Meu perfil
Moro na França, onde trabalho para o Governo brasileiro. Gosto de livros, arte e cultura. Sou jornalista, escritora, fotógrafa e especialista em Relações Internacionais

 

Locations of visitors to this page

UOL

 
Histórico
  Ver mensagens anteriores

Categorias
  Todas
  Livros
  França
  Brasil
  Miniconto
  "Conta as bênçãos"
Sites amigos
  Minhas fotos - Mes photos
  La vie est belle! (o antigo)
  Soraia direto de Chicago
  My little Paris
  Ramses no século XXI
  Le blog d'Estelle en Irlande
  Blog da Martha Medeiros
  Idéias e livros
  Pensieri e parole
  Porão abaixo®
  Histórias do mundo
  Blog da Magui
  O mundo sueco e eu
  trajédia
  Cissinha
  Croissant-land
  Caminhar
  Pisando em uvas
  Brasileirinha
  Forum democrático
  Blogup
  Cenas do cotidiano
  As Palavras Todas
  Pub 66
  Samba Um
  avant-dernières pensées
  Luz de Luma
  Observador
  Bloggente
  Gazeta mundo cão
  Sandra Pontes
  Lino Resende
  O Chato
  Fotoblog da Filhinha
  Bibi Move Scliar
  Petite parisienne
  Balaio Porreta 1986
  Côté cour, Côté jardin
  Política à francesa
  Banca do Blues
  Bom dia, França
  Além da Torre
  meus instantes
  Nothing and all
  Facebook
  UOL
Votação
  Dê uma nota para meu blog